Avançar para o conteúdo principal

PacMan 3D

Neste artigo vamos fazer um jogo simples, o clássico Pacman em 3D. Para isso vamos utilizar o Unity 3D, claro.

Vamos começar por criar um projeto novo.



O jogo vai começar num menu simples e é por aí que vamos começar. Assim vamos adicionar um botão.

Ao adicionar o botão o Unity adiciona um Canvas. Este elemento configura a visualização do nosso menu pelo utilizador, assim é fundamental posicionar o botão dentro do canvas para que este seja visível.
O passo seguinte é adicionar um ficheiro de código C# e criar a função que vamos associar com o evento clique no botão. Com o botão direito do rato clicar na janela do projeto escolher create C# script.


Abre o ficheiro com duplo clique e insere o seguinte código.

public class Menu : MonoBehaviour {

//function click for the button
    public void button_click()
    {
        SceneManager.LoadScene(1);
    }
}

O ficheiro criado pelo Unity é uma classe derivada da classe MonoBehaviour e que inclui duas funções (Start e Update) que, para este caso, não necessitamos, por isso foram eliminadas.

Agora adicionamos o script criado ao canvas. De seguida selecionamos o botão e configuramos o evento On Click associando ao canvas e depois à função button_click.


Agora que temos o menu pronto vamos guardar a cena com nome menu e adicionar uma cena nova.

Nesta nova cena vamos adicionar um plano para servir de chão e uns cubos para servirem de paredes.

Para cada um destes elementos vamos criar um material. No caso do chão pretendemos utilizar uma textura, assim adicionamos um material novo ao projeto e configuramos de acordo com a imagem.


O campo Albedo tem uma textura adicionada e os campos metallic e smoothness foram alterados para ajustar a textura ao aspeto pretendido. Quanto ao Tiling (repetição da textura) ficou em 5 para X e para Y.

Ao posicionar os elementos é importante controlar as suas coordenadas assim o chão deve ficar em 0,0,0 e os restantes objetos posisionados com o chão como referência.

A cena/nível deve ficar como a seguir se apresenta.


Agora vamos criar o jogador. Para isso vamos utilizar uma esfera e código fornecido pelo Unity, graças ao criador, do Unity.

Vamos a GameObject, o menu, e escolhemos 3D Object e, dentro deste, Sphere.

O código que vamos utilizar faz parte dos Assets do Unity, assim há-que o importar. Em Assets escolher Import Package e depois Characters.

Navegar até à pasta Scripts, dentro de RollerBall, dentro de Characters, dentro de Standar Assets.


Encontra lá dois ficheiros (Ball e BallUserControl) que deve associar à esfera que representará o jogador.

De seguida adicionamos um Rigidbody à esfera, assim.

Um rigidbody é um componente que atribui ao objeto um comportamento em conformidade com as leis da física, como a gravidade.

Neste momento a esfera já deve responder ao input do jogador. Pode ser necessário ajustar algumas propriedades do código da esfera como por exemplo Move Power e também é importar posicionar a câmara para que o nível esteja totalmente visível.

A esfera deve ter uma tag do tipo Player. As tags permitem agrupar os objetos por forma que seja possível aplicar código a um grupo de elementos,

Quem é que vais chamar? Os caça fantasmas! Sim agora temos os fantasmas que vão perseguir o jogador pelo nível.

O fantasma é composto por uma cápsula (capsule) e um ficheiro de código que vamos criar mas o mais importante é o componente que vai permitir ao fantasma percorrer o nível em busca do jogador que é um Nav Mesh Agent. Para que as colisões com o jogador sejam detetadas corretamente adicionamos um Character Controller, sem este elemento não são detetadas colisões quando o jogador não se move.


Agora adicionamos um script novo com o nome GhostScript e vamos inserir o código.

public class ghostScript : MonoBehaviour {

    public GameObject target;   //this is the player or a reference for him
    NavMeshAgent agent;         //this is a reference for the ghost navmeshagent component

// Use this for initialization
void Start () {
        agent = GetComponent<NavMeshAgent>();
        if (target == null)
            target = GameObject.FindGameObjectWithTag("Player");
}

// Update is called once per frame
void Update () {
        //this is for updating the target location
        agent.destination = target.transform.position;
}

    //function to detect when the ghost gets the player
    public void OnCollisionEnter(Collision collision)
    {
        if (collision.gameObject.tag == "Player")
            SceneManager.LoadScene("menu");
    }
}

Para que o componente Nav Mesh Agent funcione é necessário definir o plano do chão como estático e depois na barra Navigation fazer o Bake da informação necessário para o pathfinding do fantasma.


As áreas que são "caminháveis" estão a azul.

Neste momento o fantasma já deve mover-se e perseguir o jogador para onde quer que ele vá. Ao colidir com o jogador o jogo deve apresentar o menu de novo, para isso é necessário definir as cenas que fazem parte do projeto assim é necessário ir a File - Build Settings e adicionar os níveis pretendidos, para isso basta arrasta-los da barra do projeto.



Só falta definir a área que permite passar para o nível seguinte. Para isso vamos adicionar um Empty Game Object e adicionar-lhe um Box Collider definido como trigger, para que seja possível entrar dentro dele. Como se vê na imagem seguinte.


E agora o código.

public class nextLevelScript : MonoBehaviour {

public void OnTriggerEnter(Collider collider)
    {
        if (collider.tag == "Player")
            SceneManager.LoadScene(SceneManager.GetActiveScene().buildIndex + 1);
    }
}


Este tutorial está disponível em vídeo.



O código do projeto está disponível no GitHub

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vamos fazer um carro com o Unity 3D

Neste artigo vamos fazer um carro, simples, com o Unity 3D. A ideia é utilizar o motor de física do Unity 3D para simular o comportamento do carro. Os passos a seguir são: [1] - Criar um projeto novo

C# IEnumerable e IEnumerator

Neste artigo vamos aprender como utilizar a interface IEnumerator por forma a permitir utilizar um ciclo foreach num conjunto ou coleção de dados. A maior parte das coleções (listas e outras) já implementam a interface, mas neste caso vamos personalizar a maneira como percorremos a lista. Quando utilizamos código assim: foreach(Class c in Collection) { ... } O compilador converte este código em algo assim: IEnumerator cc = Collection.GetEnumerator() while(cc.MoveNext()) { c=(Class)cc.Current; ... } Ao implementar a interface IEnumerable significa que a classe implementa uma versão da função GetEnumerator() que deve devolver uma classe que implemente a interface IEnumerator. Vamos explorar um exemplo. Começamos pela classe client Esta classe permitirá guardar os dados dos clientes, existindo um campo para indicar se o cliente ainda está ativo ou não. De seguida temos uma classe que define uma lista de clientes e que implementa a interface IEnumerable que de

React - Introdução

 Neste post vamos fazer uma breve introdução ao React. React é uma framework javascript e por isso é importante ter conhecimentos desta linguagem de programação para melhor compreender o seu funcionamento. O que é necessário? Para construir páginas com React é necessário ter instalado a framework Node e o seu instalador de packages o npm. Com o Node instalado basta abrir uma janela da linha de comandos, eu aconselho utilizar o novo Windows Terminal ou o Cmder . Na sua linha de comando escolhida execute o comando: npx create-react-app Tutorial01 Este comando vai criar uma pasta com o nome Tutorial01 e instalar dos os ficheiros necessários para construir a sua primeira aplicação React dentro dessa pasta. De seguida entramos na pasta criada com o comando: cd Tutorial01 E iniciamos a aplicação com o comando: npm start Deve conseguir ver uma página com o seguinte aspeto: A partir daqui, até fechar a linha de comando, todas as alterações feitas aos ficheiros da sua aplicação são automaticam